Lista: 10 jogos leves melhores que muitos dos grandes projetos por aí

Home/Jogos, Listas/Lista: 10 jogos leves melhores que muitos dos grandes projetos por aí

Lista: 10 jogos leves melhores que muitos dos grandes projetos por aí

Hoje tenho um computador que é muito bom, e tenho conseguido atropelar pedestres em Grand Theft Auto V e conhecer a incrível história de Dragon Age: Inquisition e The Witcher 3. Mas na maior parte da minha vida, os computadores que eu tinha não costumavam rodar muita coisa e eu tinha que me contentar em jogar as novidades da década anterior. Isso me deixou acostumado a não exigir tanto dos jogos em questão gráfica e de inovação, e focar mais na jogabilidade e na história.

Por isso, mesmo tendo uma máquina mais potente hoje, muitos dos jogos que mais gosto são mais simples, e ainda assim conseguem ser dos mais divertidos. Resolvi fazer essa lista de alguns exemplos que tomam meu tempo e me divertem bastante.

1. Inside

Lançado em Junho de 2016, o jogo começa sem te contar absolutamente nada da história. Seu personagem, um garoto perdido em um lugar que parece ser uma floresta, começa a vencer obstáculos e desafios para continuar sua jornada, enquanto é perseguido por um grupo não identificado. Com o passar do tempo, a história vai sutilmente sendo contada para o jogador, alguns desafios vão ficando mais difíceis e extensos, mas nunca se tornando irritantes ou complicados demais para o jogador casual. Gráficos simples porém polidos, e alguns momentos de susto te aguardam.

2. Super Meat Boy

Já muito conhecido, o jogo foi lançado no fim de 2010 e conta com um personagem carismático feito de… bem… carne, como o nome indica. Rastros de sangue seguem os caminhos do boneco que tem que passar por fases que lembram os desafios de Super Mario Bros. Wii e outros jogos de plataforma, mas com caminhos definitivamente mais desafiadores. É um jogo rápido e muito bem feito, sem consumir muito da memória do seu PC.

3. Fez

Consagrado na indústria de jogos indie (independentes de grandes estúdios de jogos), Fez é um jogo em 2D que na verdade conta com uma terceira dimensão. Usando alguns comandos do jogo, a perspectiva da tela pode mudar e revelar segredos, novos caminhos e formas diferentes de atravessar as fases. A história também vai se desenvolvendo aos poucos e é impossível não criar um certo afeto pelo personagem principal e pelos divertidos diálogos dos outros bonequinhos encontrados pelo caminho.

4. Portal/Portal 2

Uma das melhores franquias já lançadas, Portal é um jogo com gráficos bonitos que não exige muito da máquina, e oferece configurações gráficas para qualquer computador. Ainda assim, a jogabilidade é excelente e esse é um grande exemplo de um jogo que “envelheceu bem”. As fases são repletas de desafios onde o jogador precisa criar portais entre um lugar e outro do mapa para chegar à próxima etapa. A história por trás do que está acontecendo também é interessante e divertida.

5. Minecraft

Mais um jogo indie que deu imensamente certo, Minecraft deu origem a bichos de pelúcia, invadiu os celulares e video-games e está na boca do povo desde então. Além de oferecer várias formas diferentes de jogar, dá completa liberdade à criatividade e ainda permite uma satisfatória interação com outros jogadores do mundo inteiro em diversos servidores que podem servir para tudo – desde batalhas a construções monumentais. Se você gostava de Lego na infância, com certeza vai gostar desse jogo também.

6. Civilization V

Toda a franquia dos jogos Civilization (Civ para os íntimos) é muito boa, mas a última iteração conseguiu se superar. Com gráficos simples porém polidos, se você gosta de War com certeza vai gostar desse jogo. São horas de planejamento, prioridades e decisões que mudarão o foco e as maiores habilidades do seu povo. Com o tempo você começa a se sentir cada vez mais identificado com o seu reino e fica torcendo para que tudo realmente dê certo e que seus soldados consigam conquistar os impérios e reinos vizinhos.

7. Hotline Miami

Se você, como eu, nasceu na década de 90, deve se lembrar dos jogos onde a câmera parecia vir do céu. Nesse jogo de tiro, o importante é basicamente matar todo mundo e seguir em frente. A trilha sonora é maravilhosa e o jogo pode rodar em praticamente qualquer computador. Se você está se sentindo nostálgico, ou simplesmente gosta de ver NPCs sangrando, esse é o seu jogo.

8. FTL

Não tenho muito o que dizer sobre FTL: é leve, é divertido, é criativo, desafiador e simplesmente te faz pensar, a cada tentativa, “Só vou jogar mais essa.” Cuidado para não viciar.

9. Mark of the Ninja

Ao invés de sair simplesmente atacando tudo e todos com uma arma ou uma espada, que tal ser um ninja sorrateiro e pegar todos os inimigos de surpresa em fases lineares que muitas vezes podem parecer um grande labirinto? Mark of the Ninja é imensamente divertido e, mesmo com suas mecânicas diferenciadas, nos leva de volta aos tempos em que muitos jogos simplesmente nos indicavam com uma setinha que já matamos todos os inimgos daquela área e podemos seguir em frente. Só tome cuidado para não ser pego.

10. The Binding of Isaac: Rebirth

Atravesse salas, atualize suas armas, destrua monstros, colete itens, destranque portas e siga em frente na história desse personagem cativante. Mas cuidado, você só pode morrer uma vez. O jogo original consumia bastante memória por algum motivo, mas o remake foi feito mais leve e traz vários novos conteúdos que garantem muito mais diversão.

Espero que tenham gostado dessa lista, se tiverem sugestões basta comentar e quem sabe não edito para incluir novos títulos 🙂 como disse, continuo adorando jogos mais leves que concentram mais em jogabilidade e história para garantir a diversão dos fãs.

Abraços!

Comentários no Facebook
By | 2017-04-06T16:19:10-03:00 abril 6th, 2017|Jogos, Listas|0 Comments

About the Author:

Claudio
Mineiro de 25 anos apaixonado por tecnologia, inovação, ciências e comunicação. Ávido por aprender e compartilhar cada vez mais, e apaixonado por emitir opiniões que possam tornar o mundo melhor.

Leave A Comment

%d blogueiros gostam disto: