Aparentemente, há um nome para a geração que nasceu entre os anos 70 e 80

Home/Político/Aparentemente, há um nome para a geração que nasceu entre os anos 70 e 80

Aparentemente, há um nome para a geração que nasceu entre os anos 70 e 80

Não são millenials e nem a geração X.

Todos ouvimos sobre os millenials, e a geração que veio antes, conhecida como Geração X. Enquanto a maior parte das descrições marcam diferenças gritantes entre as duas, alguns também percebem que as pessoas nascidas na janela dos anos 1977 e 1985 não parecem se encaixar em nenhuma das categorias.

Escrevendo para o Business Insider, Marleen Stollen e Gisella Wolf explicam a questão da seguinte forma:

“Os anos de nossos nascimentos caem entre duas grandes gerações. Tivemos que fazer a ponte da divisão entre uma infância analógica e outra digital, e somos lembrados disso dia após dia. Vivemos com um pé na Geração X e outro na Geração Y [também conhecidos como millenials]. É uma posição desconfortável de se fazer parte, e não gostamos disso.”

Fonte: Adobe

Se não é Geração X ou Geração Y… Então o quê?

“Xennial” é outra forma de chamar essa microgeração, e que parece estar ganhando força (xennial sendo uma combinação de Geração X e millenial). Uma rápida pesquisa no Google pelo termo já retorna 318.000 resultados.

“Ame ou odeie, ‘xennial‘ é melhor do que ‘velho millenial‘, certo?” — Merriam Webster (NT: dicionário americano do inglês)

A escritora Sarah Stankorb consagrou o termo em 2014, em um artigo da revista Good que tinha o título “Pessoas razoáveis discordam sobre a geração pós-X, pré-millenial,” na qual ela argumenta que sua microgeração “nasceu no crepúsculo” entre “os na-rua-a-noite-inteira da Geração X e os millenials ensolarados-otimistas-de-alguma-forma.” Enquanto isso, o co-autor de seu artigo, Jeb Oelbaum, compartilhou uma visão definitivamente menos ensolarada da microgeração, escrevendo: “Não somos o futuro; não importamos mais demograficamente, e ainda não nos tornamos o estabelecimento… Nós, xennials, somos uma galera triste, cínica e para baixo. Ou talvez seja só eu.”

Nem todos concordam nas características que definem um xennial, nem concordam nos anos que compreendem essa microgeração, com algumas fontes dizendo que o mais correto seria defini-los como aqueles nascidos entre 1977 e 1983.

De forma parecida, há debates acerca de quais anos de nascimento definem a geração millenial. Um artigo do Atlantic sobre o assunto considerou como os anos de 1982-2004. Outros, como a Nielsen, a empresa gigantesca de coleção de dados, definem os millenials como aqueles nascidos entre 1977-1995, com aqueles nascidos após 1995 sendo da Geração Z.

Se você perguntar aos nascidos nos fins dos anos 1970 e em meados dos anos 1980 se acham que são millenials, a resposta é que provavelmente não. Mas não se sentem exatamente como Geração X, também. O que define um xennial?

Ao passo que os anos de nascimento da geração xennial ficam abertos ao debate, o detalhe definitivo que parece chegar a um consenso é que xennials se sentem perdidos entre dois mundos. E as diferenças entre eles e seus colegas mais velhos ou mais novos ficam visíveis em suas formas de ser pais, suas visões políticas e, talvez de forma mais declarada, suas interações com a tecnologia.

Créditos: Sean Gallup / Getty Images

As pessoas nascidas durante esse período de tempo em específico não cresceram em um mundo onde a internet e os celulares sempre estiveram lá, como os millenials que vieram logo depois. Os xennials conseguem se lembrar perfeitamente de quando essas tecnologias emergiram.

Mas, ao contrário dos mais velhos da Geração X, os xennials se adaptaram à nova tecnologia mais rapidamente. Por exemplo, embora os xennials não tenham crescido com as mídias sociais, agora as usam com quase tanta facilidade quanto aqueles que sempre as tiveram lá.

Créditos: Sol Grundy / Flickr

“Enquanto crescíamos, a tecnologia amadureceu paralelamente,” escrevem as autoras do Business Insider. “Tivemos tempo para nos acostumar e ainda éramos jovens o suficiente para nos sentirmos familiares.”

As autoras também explicam que, comparados aos da Geração X, que viveram com a Guerra Fria, e millenials, que viveram durante a guerra do Afeganistão, os xennials chegaram à maturidade durante um tempo relativamente pacífico do mundo.

E aí, qual a sua opinião? Você é da Geração X, Y ou Z? Existe uma geração Z?

Fonte: Getty Images

Traduzido do site SimpleMost.

Comentários no Facebook
By | 2017-12-11T00:29:09-03:00 dezembro 11th, 2017|Político|0 Comments

About the Author:

Avatar
Tradutor mineiro de 26 anos, apaixonado pela tecnologia, inovação, ciências e comunicação. Aprendeu a escrever com fanfictions de Harry Potter, e não faltam faculdades interrompidas no percurso até aqui, que embora não tenham garantido um diploma, garantiram uma vontade infinita de aprender e compartilhar sempre mais.

Leave A Comment

%d blogueiros gostam disto: